ATRAÇÕES

BATE-PAPO #7: As perspectivas da literatura de cordel com Aderaldo Luciano e Meca Moreno, com mediação de Érica Montenegro

13/09/2020 11:00 - 12:00 | Assistir aqui | Assistir aqui
BATE-PAPO #7: As perspectivas da literatura de cordel

Bate-Papo – As perspectivas da literatura de cordel

O Bate-Papo é um quadro com debates ao vivo, onde grandes nomes das suas áreas trocam experiências sobre arte, saúde, literatura, cultura e educação, nos tirando dúvidas sobre como aplicar recursos no processo pedagógico. Um excelente exemplo é a literatura de cordel. Grande aliada da educação para o desenvolvimento da leitura, da escrita e da criticidade nos alunos, que a coloca sempre em papel relevante para a sociedade e como recurso amplamente utilizado como recurso didático, tem suas técnicas tradicionais de produção e comercialização ameaçadas. Quais as perspectivas para este mercado?

ADERALDO LUCIANO

Pós-doutorando em Estudo Culturais pelo PACC (Projeto Avançado de Cultura Contemporânea) da UFRJ, doutor e mestre em Ciência da Literatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, ligado ao Centro Internacional e Multidisciplinar de Estudos do Épico, da Universidade Federal de Sergipe, estudando os conceitos fundamentais da poética do nordeste brasileiro. Autor de diversos livros, fundador de revistas, colunista de jornais, rádios de todo o país.  Palestrante, educador, produtor cultural com projetos itinerantes patrocinados por instituições como a Organização das Nações Unidas no Brasil. Atualmente prepara o livro O Cordel É Punhal.

MECA MORENO

Nasceu em Palmares-PE. É de lá que vem a paixão pela poesia. Tornou-se poeta, pesquisador da poesia popular, xilógrafo, ator, compositor, revisor de textos, artesão e produtor cultural. Escreve poesia e prosa desde os 12 anos de idade (1971). Além de vários poemas e artigos publicados em revistas e jornais diversos, é autor de grande variedade de folhetos de cordel, inclusive institucionais. Tem dois livros publicados: “UNIVERSOS” (1996) e “GIRAMUNDO – O Espectador do Fim & Gêneros da Poesia Popular” (2005), o primeiro em co-autoria com o poeta Alfredo Moraes, numa edição independente. O segundo foi publicado pelas Edições Bagaço. Frequentemente é convidado para oficinas e palestras sobre literatura de cordel, xilogravura e artesanato. Em 2005, foi um dos fundadores da União dos Cordelistas de Pernambuco – UNICORDEL; é membro do Movimento Internacional Poetas del Mundo e da União Brasileira de Escritores – UBE.

Participantes